• O prazer de aprender

    O ponto base da memória é a associação de ideias, seja de forma direta ou indireta.

  • Jogos com aprendizado

    A brincadeira constitui um incentivo ao desenvolvimento de novas habilidades.

  • Gostar de matemática

    Uma ótima forma de facilitar a matemática e começar a entender os seus conteúdos.

  • Redes sociais

    Fique sempre conectado à nossas páginas sociais, confira nossas dicas e promoções.

  • Inclusão social

    O grande desafio do professor é fazer com que o aluno goste de fazer lição de casa.

  • Recreação

    A recreação em grupo é essencial para o desenvolvimento cognitivo da criança.

Informações Psicopedagoga Lení

Com ampla experiência em letras, trabalhei por 20 anos nas escolas: Instituto de Educação General Flores da Cunha, C.C.A.A., Centro de Cultura Anglo Americana e Escola Estadual de 1º e 2º Graus Princesa Isabel.

Ao observar as diferentes questões escolares e a necessidade singular dos alunos que necessitam de um olhar diferenciado e especializado, me dediquei na busca de novas alternativas de ensino realizando assim o curso de psicopedagogia.

Com sete anos de experiência entre estudos, pesquisas, estágios e atendimentos voluntários trabalho com entusiasmo para ajudar o aluno com dificuldades de aprendizagem a não desistir de aprender, a melhorar sua autoestima e a sentir-se incluído na vida escolar. Atendendo com sigilo e ética profissional, buscando estratégias e alternativas para superar as dificuldades.

Aguardo você! Venha me conhecer! Vamos juntos encontrar alternativas.

Adquirir o letramento faz parte da continuidade de qualquer proposta educacional e trata-se, portanto, da habilitação do código escrito. Ao depararmos com um aluno que tenha retardo nesse processo pode se tratar de crianças com reais patologias de leitura e de escrita, por exemplo, a dislexia, ou ser fruto de uma inadequação de ensinagem.

É um transtorno psiquiátrico, neurobiológico, mais comum da infância e da adolescência, de causas ainda desconhecidas, mas com forte participação genética na sua etiologia.

Temos percebido, em nossas práticas, que as queixas, sejam elas quais forem, dificuldade de atenção e concentração, no processo de aquisição de leitura e de escrita, no processo matemático, na organização, tempo e no espaço, nos relacionamentos, sempre implicam na inclusão da instituição e, principalmente, a da família.

Estudar e praticar um idioma estrangeiro é abrir os nossos horizontes para um novo mundo, para o conhecimento, as vivência e a cultura de outros países. Para algumas pessoas,incorporar a língua estrangeira acontece com muita naturalidade, já outras, apresentam dificuldades.

Aprender a resolver problemas matemáticos deve ser o maior objetivo da instrução matemática. Certamente outros objetivos da Matemática devem ser procurados, mesmo para atingir o objetivo da competência em resolução de problemas.